As tendências do Design Week de Milão

Aconteceu na semana passada, de 8 a 14 de abril, a Milano Design Week 2019. Eu, evidentemente, fiquei ligado nessa feira, afinal ela dita as tendências do design para o mundo, influenciando além da decoração e mobiliária, o mundo da moda e da joalheria. A primeira vista essa simbiose entre decor e joias pode aparecer estranha, mas basta verificar que tudo é feito a partir da criatividade e das influências que regem o design de produtos, seja ele uma poltrona, um vestido ou uma joia. Não por acaso muitas vezes vemos a sinergia dessas áreas correlatas, com artistas de moda sendo convidados para desenharem móveis e artistas da decoração assinando linhas de joias. Além disso, para mim, Milão representa a Meca do design, da inspiração criativa e naturalmente o berço das tendências de luxo. Adoro!

E falando em luxo, mais uma vez a Louis Vuitton participou do evento e apresentou uma nova coleção da série ‘Objets Nomades’. Esse projeto foi lançado em 2012 e apresenta móveis e objetos de decoração criados por designers famosos ao redor do globo a convite da grife. Os brasileiros Irmãos Campana já participaram desse projeto, que reúne peças exclusivas e edição limitada, que primam pela excelência do design, da produção e do acabamento.

Para esse ano, a Maison francesa trabalhou em conjunto com o Atelier Biagetti e o Zanellato/Bortotto. Biagetti criou uma mesa de jantar com tampo de vidro cuja base ondulada é revestida por um couro bege natural, chamada ‘Anemona’, obra que remete aos desejos e obsessões da sociedade contemporânea. Já a dupla italiana Zanellato/Bortotto faz sua estreia com uma tela em couro inspirada no artesanato nômade, chamada ‘Mandala’.

Além de objetos requintados e exclusivos como esses da Louis Vuitton, Milão revelou neste ano que o império de uma paleta básica com apenas uma cor já é coisa do passado. Agora, a tendência é que uma cor seja destaque, mas sempre acompanhada de uma outra tonalidade. Nesse sentido, as cores se dividem em duas grandes tendências: tons mais esmaecidos, flertando com os tons pastel; e as cores bem vibrantes, quase as primárias.

Pelo que acompanhei, muitas marcas optaram por lançar pelas com as duas tendências. Eu rapidamente já vislumbrei esses hits da joalheria, que também já começou a flertar com o mix de gemas coradas e a junção de duas gemas de cores bem distintas, como por exemplo, brincos que reúnem esmeraldas e tanzanitas, ou rubis e safiras. Para as noivas mais tradicionais essa junção pode parecer muito carregada, mas para as madrinhas não há nada mais atual e chique.

Com o tempo, vou mostrando para vocês como essas tendências vão se manifestar no design de joias. Por enquanto, vale a pena conferir alguns lançamentos que marcam as tendências que despontaram na Meca do design contemporâneo.

Beijo, beijo!

Miguel Alcade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *