Uma história e muitos sonhos

De uma forma ou de outra, todos nós que amamos a alta joalheria fomos impactados pelas criações das grandes maisons do luxo, que fizeram da arte milenar da joalheria uma expressão gloriosa do luxo. Eu confesso que bebo dessa fonte desde que comecei a minha trajetória nesse setor. Mais do que ouro e gemas preciosas, vi ali histórias contadas através de sonhos. Não por acaso, essa é uma das características mais marcantes do meu trabalho.

E agora, meninas, parte dos sonhos que me inspiram está reunida na mostra “The Story, The Dream”, uma exposição que reúne mais de 170 joias da Bvlgari. Imagine só poder ver in loco esse acervo maravilhoso, que expressa não só a história da casa mas ilustra os momentos mais marcantes da arte e do luxo.  O acervo está reunido no Castelo Sant’Angelo e no Palazzo Venezia, em Roma, e vai até 3 de novembro. Da tempo de programar um passeio pela região e já fica aqui a minha indicação de viagem para essas férias de julho.

Entre as joias raras de destaque estão ícones da marca, como as coleções Serpenti, Monete e Parentesi, e itens usados por estrelas de cinema. A exposição acompanha a trajetória da grife desde a sua fundação familiar no final do século XIX até se tornar o império que é hoje. Além as joias, a mostra apresenta fotografias dos arquivos da marca, além de filmagens que dão o contexto histórico de cada época retratada e 80 vestidos de alta costura da coleção particular de Cecilia Matteucci Lavarini. 

É ou não é uma mostra realmente imperdível? Agora é correr com a agenda e tentar reservar já alguns dias para ver esses tesouros. Por enquanto, a gente se delicia por aqui mesmo, admirando as imagens de algumas joias emblemáticas desse gigante da história da joalheria.

Beijo, bejio!

Miguel Alcade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *