Esmeraldas no centro das atenções

Meninas, prestem atenção aos sinais. Basta que uma celebridade de repercussão internacional use uma determinada peça para que ela se torne em uma tendência. E já estava mesmo na hora das noivas da realeza ousarem um pouco mais e saírem do lugar comum, concordam? Diamantes são maravilhosos, mas as gemas coradas são donas de muita personalidade. E o que dizer as esmeraldas que já seduziram de Cleópatra à Liz Taylor? São pedras incríveis e merecem brilhar nos casamentos.

Felizmente, depois do casamento da princesa Eugenie de York com o empresário Jack Brooksbank as esmeraldas estão sendo cotadas como a nova aposta das noivinhas arrojada. Eugenie brilhou diante dos holofotes da imprensa mundial usando a tiara Greville Emerald Kokoshnik, emprestada por sua avó, a rainha Isabel II.

A tiara é uma peça única e de beleza real. Ela foi desenhada pela casa Boucheron para a Sra. Greville em 1919, no popular estilo “kokoshnik”, popularizado na Corte Imperial Russa. A joia é feita de diamantes cravejados em platina, com seis esmeraldas de cada lado. A esmeralda central é uma impressionante gema em lapidação oval com 93,7 quilates. A preciosidade foi dada pela sra. Greville à rainha Elizabeth em 1942 e não era vista em público há quase um século e, até onde os observadores da realeza sabem, nunca fora fotografada em uma cabeça real.

A princesa Eugenie também usou brincos de diamante e esmeralda, que foram um presente de casamento do noivo, Jack Brooksbank. O anel de noivado foi outra peça de destaque, por ser extremamente raro e dificilmente o que se poderia chamar de discreto. Consistindo de uma safira rosa padparadscha rodeada diamantes, a joia imitava o anel de noivado de rubi birmanês da mãe de Eugenie. Quando se trata de alianças reais, no entanto, a tradição parece ter precedência. Ela determina que todos os anéis de casamento sejam feitos de ouro galês, e o de Eugenie não era diferente.

Na semana seguinte ao casamento, os joalheiros notaram um aumento de consumidores procurando para safiras cor-de-rosa em seus anéis de noivado – tudo causado pela peça impressionante da princesa Eugenie, que de cara, já emplacou duas grandes tendências.

Beijo, beijo!

Miguel Alcade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *