fbpx

As joias que brilharam no Fashion Week de Paris

A vida é bela, meninas! E conferir as tendências que despontaram da Semana da Alta Costura que aconteceu em Paris, nos dá a certeza de que há mesmo coisas lindas para serem vividas nesse universo. O evento mais uma vez reuniu as super grifes de luxo, não só da moda, mas também da joalheria. Afinal, amores, sem joias já sabemos que nenhum look sobrevive, não é mesmo?

Mesmo vestida de Chanel ou Dior, é preciso quilates de ouro e pedras preciosas para dar aquele arremate glamoroso.  Até porque joia não é só um acessório. Ela é o DNA do estilo da mulher. Digam-me quais são as suas joias favoritas e lhes direi quem é!!!  

Valentino, Dior, Chopard, Boucheron e Chanel, principalmente, continuaram exaltando sua forte tradição artesanal e espírito criativo.  E uma tendência fortíssima que ainda vai dar muitos quilates para as joias é o Color Rainbow. O tom vibrante e festivo das gemas coradas conquistou a alta joalheria de forma avassaladora. Até mesmo os diamantes entraram nessa onda e se cobriram de tons rosas, amarelos, verdes e até azuis. Um luxo festivo, que evidentemente consagra a força das cores nos eventos mais concorridos, dos coquetéis corporativos aos casamentos.

A Chopard apresentou uma nova variedade de pedras preciosas extraordinárias – quatro diamantes que atingiram alguns dos mais altos padrões de perfeição, incluindo um em tom de amarelo-esverdeado cinza escuro, um de 33,26 quilates, diamante de corte esmeralda brilhando em um tom chique de amarelo vívido e uma turmalina paraíba de 34,63 quilates. O universo sempre presente de Victoire de Castellane serviu como um forte cenário para o fascínio visual de espinélio vermelho, turmalina, opala e pérolas deslumbrantes.

Se apropriando do conceito de sustentabilidade, a Swarovski, apresentou uma ampla gama de diamantes de laboratório espetaculares, todos brilhantes, coloridos e sugestivos. Já a Chanel

Encantou nossos olhos ao criar uma nova interpretação do clássico motivo de tweed de Coco Chanel. Ouro, platina e ônix aparecem em forma manual para compor padrões de torções, ranhuras e tabuleiros de xadrez. Criando um verdadeiro tecido com joias, as pedras e as pérolas aparecem mais costuradas do que ajustadas. Uma preciosa trama contemporânea.

Enquanto isso, Boucheron conquistou os holofotes com novos modelos dos famosos colares “Ponto de Interrogação”, todos com uma elegância impressionante. Um dos destaques é o maravilhoso colar de penas de pavão, todo cravejado de diamantes e folhas cobertas de esmeraldas. Simplesmente magnífico e inspirador.

E antes que vocês pensem que jamais poderão ter joias como essas, lembre-se que as gemas criadas em laboratório estão ai para transformar qualquer sonho em realidade. Definitivamente elas são a maior novidade da joalheria contemporânea, que trazem uma proposta de liberdade, criatividade e, claro, sustentabilidade. Adoroooo!

Beijo, beijo!

Miguel Alcade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *