fbpx

Tudo sobre ouro, quilates e ligas

Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças… Conhecem essa frase? Ela é bem famosa e me lembrei dela ao olhar aqui para o ouro, sentado aqui na minha banca. O ouro sobrevive a tudo e realmente está longe se ser o metal mais duro. Pelo contrário, é bastante mole! Arrisco filosofar que essa é uma das características que o torna versátil e nobre, sobrevivendo aos modismos.

Há séculos e séculos permanece desejado muito usado porque sabe se adaptar as mais diversas circunstância sem jamais perder suas características. Ele se mistura, mas não perde sua essência, seu brilho, seu poder magnético.

Em essência, o ouro na forma como é extraído, é molinho e necessita ser misturado a outros metais (o que na joalheria chamamos de liga), para que tenha a dureza necessária para ser transformado em uma joia. Se ele fosse usado puro na confecção de joias as peças amassariam com facilidade, perdendo a forma original.

Para ganhar maior dureza, são utilizadas nas ligas de ouro metais como a prata, o cobre e o paládio, entre outros. A quantidade desses outros metais adicionados ao ouro que determina o teor do ouro. Desse modo, uma aliança de ouro 18K ou 750, foi fabricada com 75% de ouro puro e 25% de outros metais (liga).

Embora o ouro 18 quilates seja o mais conhecido no Brasil, joias de outras quilatagens começam a fazer sucesso entre os consumidores. O ouro 14K, muito utilizado nos Estados Unidos, já conta com uma legião de fãs entre os consumidores do nosso país. O metal contém 14 partes de ouro, 10 de outros metais. A novidade agora, é o ouro 10K, que está começando a ser utilizado no mercado.

Tabela OURO 1000                                         Ouro Puro
OURO 24K                                                         Ouro Puro
 
OURO 750                                                          75% ouro puro                 25% liga
OURO 18K                                                         18 partes ouro puro       6 partes liga
 
OURO 585                                                          58,3% ouro puro              41,7% liga
OURO 14K                                                         14 partes ouro puro       10 partes liga
 
OURO 416                                                          41,6% ouro puro              58,4% liga
OURO 10K                                                         10 partes ouro puro       14 partes liga

As joias feitas em ouro dez quilates (10K) também são muito comuns nos Estados Unidos. Com menos ouro em sua composição, elas podem ter custo até 40% menor do que as de 18K, se consideradas peças idênticas em peso e formato, na mesma escala de produção.

É uma opção mais econômica, e sem dúvida, muito apropriada para quem não abre mão de ter uma peça de ouro. Vale ressaltar que o ouro 10 não se equivale ao banho de ouro, que é outra coisa. Semijoias são peças feitas em diversos metais e que recebem um banho, um acabamento de ouro. Já as joias de 18K, 14K ou 10K recebem ouro em sua estrutura, ao contrário das semijoias, que apenas recebem acabamento com o nobre metal.

A minha recomendação é que você, noivinha, madrinha ou convidada, leve em consideração o que lhe melhor lhe convém na hora de adquirir uma peça. O mais importante é dar preferência a joalheiros de confiança, de oferecem garantia e contam com boa reputação no mercado. Afinal, confiança é o princípio dos bons relacionamentos, sejam eles pessoais ou comerciais.

Beijo, beijo!

Miguel Alcade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *